SULFATOS
SULFATO DE COBRE PENTA E MONOH
Função: constituinte da hemoglobina, transporte de oxigênio na célula.
Carência: Anemia, perda de apetite, apatia, mucosas pálidas e queda na produção
 
SULFATO DE FERRO HEPTA E MONOH
Função: constituinte da hemoglobina, transporte de oxigênio na célula.
Carência: Anemia, perda de apetite, apatia, mucosas pálidas e queda na produção
 
SULFATO DE ZINCO HEPTA E MONOH
Função: metabolismo de ácido nucléico e síntese de proteínas, ação sinérgica com as vitaminas, produção da insulina produzida pelo pâncreas tornado-se assim fundamental para a utilização do açúcar pelo organismo.
Carência: fotossensibilidade dos bezerros, crescimento retardado, diarréias e mal aproveitamento das vitaminas A, D e do Complexo B.
 
SULFATO DE COBALTO
Função: síntese da vitamina B-12.
Carência: anemia (“mal do colete”), diarréia e emagrecimento contínuo e progressivo.
 
SULFATO DE MANGANÊS MONOH
Função: Compõe a matriz óssea, metabolismo dos aminoácidos, ácidos graxos, colesterol e fosforilação oxidativa.
Carência: anormalidades no esqueleto, alterações no aparelho reprodutivo da fêmea.
 
SULFATO DE MAGNÉSIO HEPTA E MONOH
Função: Constituinte dos ossos e dentes, ativador enzimático e atua na atividade neuromuscular.
Carência: A deficiência de magnésio causa a “tetânia da pastagem”.


MAP
MAP PURIFICADO
Função: O fósforo é importante no metabolismo energético, formação de fosfolipídeos, conversão do caroteno para vitamina A e vários processos orgânicos importantes. Carência: A deficiência de fósforo causa perda de peso, susceptibilidade as fraturas de ossos e diminuição na fertilidade do rebanho.
 
MOLIBDATO DE SÓDIO
Função: O molibdênio compõe a enzima xantina-oxidase (síntese de ácido úrico). O sódio é fundamental para a manutenção da pressão osmótica e atividade de flora microbiana. Carência: A deficiência de molibdênio não é conhecida em condições naturais. A deficiência de sódio causa perda de apetite, crescimento retardado, aparência não saudável, decréscimo na produção de leite e perda de peso.


IODATOS
IODATO DE POTÁSSIO
Função: O iodo é utilizado na síntese dos hormônios pela tireóide. O potássio regula a pressão osmótica e balanço de água, condução de impulso nervoso, contração muscular e reações enzimáticas. Carência: A deficiência de iodo causa bócio endêmico. A deficiência de potássio diminui o crescimento, fraqueza muscular, paralisia, diminuição do apetite e desordem nos nervos.


SELENITO
SELENITO DE SÓDIO
Função: O selênio é antioxidante, está envolvido na síntese da vitamina K e síntese protéica. O sódio é fundamental para a manutenção da pressão osmótica e atividade de flora microbiana. Carência: A deficiência de selênio causa no recém-nascido crescimento retardado, distrofia muscular e doença do músculo branco. Nos adultos, problemas de retenção de placenta.
 
A deficiência de sódio causa perda de apetite, crescimento retardado, aparência não saudável, decréscimo na produção de leite e perda de peso.



OXIDOS
MONÓXIDO DE MAGNÉSIO
Função: Constituinte dos ossos, ativador enzimático, atua na atividade neuromuscular. Carência: A deficiência de magnésio causa a “tetânia da pastagem”.
 
TRIÓXIDO DE MOLIBDÊNIO
Função: Compõe a enzima xantina-oxidase (síntese de ácido úrico) Carência: A deficiência de molibdênio causa diarréia, anemia e rigidez.
   
   
 
Agroplanta Fertilizantes - Copyright 2007 - 2008 - Todos os Direitos Reservados - Design Focoonline